O desejo que move os poetas não é ensinar, esclarecer, interpretar. O desejo que move os poetas é fazer soar de novo a melodia esquecida.
Rubem Alves

quinta-feira, 20 de setembro de 2012

TERMOS DA ORAÇÃO

Oi Pessoal do 3ºA, segue abaixo apresentação sobre os termos da oração com atividades.
Bom trabalho a todos!!

Profª Mônica

Termos da Oração

terça-feira, 14 de agosto de 2012

ORAÇÕES COORDENADAS - APRESENTAÇÃO

Bom dia, 9º ano!!!!!

Segue abaixo a apresentação da aula sobre ORAÇÕES COORDENADAS, conteúdo que constará na prova.
Bom estudo a todos e boa prova.

ORAÇÕES COORDENADAS

Profª Mônica

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

APRESENTAÇÃO FUNÇÕES DA LINGUAGEM - AULA DE 13/08/12

Boa noite pessoal do 9º ano!!!

Conforme combinamos, segue abaixo o link da apresentação das funções de linguagem, conteúdo para a prova.

Bom trabalho a todos!!

FUNÇÕES DA LINGUAGEM

CRASE

Boa noite pessoal do 8º ano:

Conforme combinado, segue link abaixo sobre crase, conteúdo para a prova de quarta-feira.

Bom trabalho a todos.

APRESENTAÇÃO CRASE

sábado, 11 de agosto de 2012

NARRAÇÃO - TEXTO PARA ATIVIDADE

Boa tarde pessoas do 2º EM, como estão vocês?

Conforme combinamos ontem na escola, segue abaixo o link do texto sobre narração para que possam fazer suas atividades. Veja seu cronograma de entrega:
2ºB: 15/08
2ºC: 14/08
2ºD: 14/08
2ºE: 14/08

Após entrega, colocarei aqui a solução para que todos possam fazer seus apontamentos.

Bom trabalho a todos!!

NARRAÇÃO

quarta-feira, 8 de agosto de 2012

MATERIAL PARA PROJETO DE SUSTENTABILIDADE

Olá pessoal!!

Segue abaixo, material para ampliar suas pesquisas sobre nosso projeto de sustentabilidade.
Clique direto no título e baixe os arquivos.
Bom trabalho a todos.

TEXTOS SUSTENTABILIDADE

MATERIAL DIDÁTICO DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL

sexta-feira, 3 de agosto de 2012

Descubra que tipo de aluno você é e aumente suas notas


03/08/2012
Identificar qual é o seu tipo de aprendizado é uma das melhores maneiras de aproveitar ainda mais os estudos e evitar frustrações desnecessárias


imagen-relacionada
Crédito: Shutterstock.com
Primeiramente, você precisa saber quais são as categorias de aprendizagem e como elas se diferenciam no processo de educação

As pessoas aprendem de maneiras diferentes. Identificar qual é o seu tipo de aprendizado é uma das melhores maneiras de aproveitar ainda mais os estudos e evitar frustrações desnecessárias. Primeiramente, você precisa saber quais são as categorias de aprendizagem e como elas se diferenciam no processo de educação.


Confira os tipos de aprendizagem:

Tipos de aprendizagem: 1. Alunos visuais

Características: 
  • Costumam falar rápido e interromper outras pessoas
  • Aprendem ao ver imagens e diagramas
  • Precisam de silêncio quando estudam
  • Imaginam conceitos a partir de imagens
  • Fazem anotações detalhadas
  • Gostam de sentar nas primeiras carteiras da sala de aula

Tipos de aprendizagem: 2. Alunos auditivos

Características: 
  • Falam mais lentamente e explicam bem conceitos e teorias
  • Possuem a tendência de serem ouvintes naturais
  • Repetem as coisas em voz alta
  • Pensam de forma linear
  • Leem lentamente
  • Preferem ouvir, ao invés de ler informações

Tipos de aprendizagem: 3. Alunos sinestésicos

Características: 
  • Falam mais lentamente
  • Aprendem quando fazem ou resolvem os problemas na prática
  • Gostam de abordagens práticas de ensino
  • Não conseguem ficar parados por muito tempo
  • Fazem intervalos quando estão estudando
  • Sofrem de períodos curtos de falta de atenção

Tipos de aprendizagem: 4. Alunos de escrita e leitura

Há ainda outro tipo de aprendizagem, ainda não confirmado cientificamente como os três primeiros, mas defendido por muitos pedagogos e próprios alunos. Esse tipo de aluno é aquele que gosta de aprender lendo e escrevendo os conteúdos.



Depois de identificar como você aprende, confira algumas dicas de estudo para aproveitar essas características da maneira mais eficiente possível:

Dicas de estudo: 1. Alunos visuais

  • Desenhe ou escreva quais são as informações mais importantes que você deve lembrar
  • Copie o que for escrito na lousa da sala de aula
  • Faça desenho e diagramas daquilo que escreve
  • Faça anotações e listas
  • Organize suas coisas com cores diferentes, canetas marca-texto
  • Circule ou sublinhe dados relevantes
  • Use fichas de anotações

Dicas de estudo: 2. Alunos auditivos

  • Associe fatos e informações com palavras-chave
  • Grave aulas, explicações e vídeos
  • Repita as informações do estudo com olhos fechados
  • Participe de debates em grupo
  • Decore anotações depois de escrevê-las

Dicas de estudo: 3. Alunos sinestésicos

  • Estude em pequenos blocos de tempo
  • Faça aulas práticas em laboratórios
  • Faça viagens de pesquisa de campo
  • Estude com outras pessoas
  • Use jogos de memória e fichas de anotações para memorizar conteúdos

Dicas de estudo: 4. Alunos de escrita e leitura

Como o nome já diz, a melhor forma de aprender para esse tipo de aluno é escrever o que se lê. Faça resumos, fichas de anotações e revisões daquilo que precisa estudar.



Entenda por que existe a prova de redação


02/08/2012
Você sabe por que a prova de redação existe? A prática da produção textual é um fator fundamental para um bom aproveitamento nos exames, comunicação escrita e principalmente quanto à exposição de suas ideias


imagen-relacionada
Crédito: Shutterstock.com
Redação é treino, não existe uma fórmula mágica para isso

Não é nenhum segredo que a parte mais complicada do vestibular é a prova de redação. Com o treino, muitos alunos conseguem desenvolver essa habilidade e escrever bons textos, mas afinal o que é avaliado em uma redação e por que ela existe nos vestibulares?


O primeiro ponto importante é que não se avalia a redação como as outras disciplinas técnicas. Não há exercícios com respostas comprovadas, de múltipla escolha ou matérias e mais matérias para resumir. A redação existe para avaliar o que as outras matérias não conseguem. É a partir dela que os corretores analisam a competência de formular uma resposta sustentável para o que foi proposto pelo tema da redação.

De acordo com o professor Francisco Platão, da rede Anglo de ensino, a redação analisa o grau de maturidade do candidato para defender as suas ideias com argumentos sustentáveis, por meio de um texto dissertativo. "A grande função da redação é examinar a capacidade do aluno em resolver de improviso os problemas que são propostos pela banca", explica.

Se você entra em pânico quando o assunto é redação, o conselho do professor é manter a calma e fazer no mínimo uma redação por semana para ficar mais seguro no dia da prova. "Redação é treino, não existe uma fórmula mágica para isso", afirma. Manter-se informado por meio de jornais, revistas e livros também é fundamental para uma boa escrita e aumento de repertório cultural.


A prova de redação do Enem 2012

A prova de redação vai exigir a produção de um texto em prosa, dissertativo-argumentativo, sobre um tema de ordem social, científica, cultural ou política. (Baixe aqui o "Guia do participante - redação ENEM 2012" com todas as regras)

Nessa redação, o candidato deve defender uma tese, que é expressar uma opinião a respeito do tema proposto, apoiada em argumentos consistentes e estruturados de forma coesa e coerente. O texto deverá apresentar também uma proposta de intervenção social que respeite os direitos humanos. A redação deve estar regida de acordo com a norma padrão da Língua Portuguesa.

Para não tirar nota zero, os alunos devem prestar muita atenção com a fuga do tema proposto pela banca, desobediência à estrutura dissertativo-argumentativa, impropérios, desenhos ou outras formas propositais de anulação, e principalmente com o número de linhas do texto. A redação deve conter mais de 7 linhas, do contrário, a nota da redação será nula.

Os candidatos também precisam cuidar para não cometer os 15 erros mais graves que desclassificam ou reduzem a nota da prova, como a falta de concordância do verbo com o sujeito, períodos incompletos que comprometem a compreensão e graves problemas de pontuação, entre outros.

As provas do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2012 acontecem nos dias 3 e 4 de novembro. O exame tem quatro provas objetivas, cada uma com 45 questões de múltipla escolha e uma redação. As provas vão tratar de quatro áreas de conhecimento do ensino médio.




quinta-feira, 19 de julho de 2012

ROTEIRO PARA SEMINÁRIOS DO ENSINO MÉDIO

Bom dia pessoal:

Conforme combinado, segue roteiro para formulação do trabalho escrito do seminário.
Cliquem no link abaixo e acessem o roteiro.
Para os alunos do 3ºA, a releitura deverá ter a medida mínima de 1m x 1m.

Bom trabalho a todos!

ROTEIRO PARA OS SEMINÁRIOS

quinta-feira, 14 de junho de 2012

AVALIAÇÃO BIMESTRAL 2º EM

Boa noite galerinha dos 2º anos!!

Segue abaixo a avaliação bimestral para realização do trabalho.
Beijos a todos e boa noite.


AVALIAÇÃO BIMESTRAL DE LÍNGUA E LITERATURA – 2º BIM. 2012 – PROFª MÔNICA
NOME: ____________________________________________ Nº: ________ 2º________ (EM)

Instruções para realização da prova:
  1. Assinale o gabarito com caneta azul ou preta, bem como as respostas das questões dissertativas.
  2. Assinale apenas uma alternativa ´por questão.
  3. Não use corretivos ou similares e não o rasure.
  4. Questões rasuradas serão automaticamente canceladas.

  1. O que é substantivo? (0,25 ponto)
a) é aquele que designa os seres de uma mesma espécie de forma genérica.
b) é aquele que designa um conjunto de seres de uma mesma espécie.
c) é aquele que designa um ser específico, único.
    d) é aquele que se origina de um outro substantivo.
e) é aquele que possui mais de um radical.
f) é aquele que designa ação, sentimento ou qualidade.
g) é aquele que designa seres com existência própria.
h)é aquele que possui apenas um radical.
    i) é aquele que dá origem a outros substantivos.
  1. O que é substantivo próprio? (0,25 ponto)
a) é aquele que designa os seres de uma mesma espécie de forma genérica.
b) é aquele que designa um conjunto de seres de uma mesma espécie.
c) é aquele que designa um ser específico, único.
    d) é aquele que se origina de um outro substantivo.
e) é aquele que possui mais de um radical.
f) é aquele que designa ação, sentimento ou qualidade.
g) é aquele que designa seres com existência própria.
h)é aquele que possui apenas um radical.
i) é aquele que dá origem a outros substantivos.
  1. O que é substantivo comum? (0,25 ponto)
a) é aquele que designa os seres de uma mesma espécie de forma genérica.
b) é aquele que designa um conjunto de seres de uma mesma espécie.
c) é aquele que designa um ser específico, único.
    d) é aquele que se origina de um outro substantivo.
e) é aquele que possui mais de um radical.
f) é aquele que designa ação, sentimento ou qualidade.
g) é aquele que designa seres com existência própria.
h)é aquele que possui apenas um radical.
i) é aquele que dá origem a outros substantivos.
  1. O que é substantivo coletivo? (0,25 ponto)
a) é aquele que designa os seres de uma mesma espécie de forma genérica.
b) é aquele que designa um conjunto de seres de uma mesma espécie.
c) é aquele que designa um ser específico, único.
    d) é aquele que se origina de um outro substantivo.
e) é aquele que possui mais de um radical.
f) é aquele que designa ação, sentimento ou qualidade.
g) é aquele que designa seres com existência própria.
h)é aquele que possui apenas um radical.
i) é aquele que dá origem a outros substantivos.

  1. O que é substantivo concreto? (0,25 ponto)
    a) é aquele que designa os seres de uma mesma espécie de forma genérica.
    b) é aquele que designa um conjunto de seres de uma mesma espécie.
    c) é aquele que designa um ser específico, único.
    d) é aquele que se origina de um outro substantivo.
    e) é aquele que possui mais de um radical.
    f) é aquele que designa ação, sentimento ou qualidade.
    g) é aquele que designa seres com existência própria.
    h)é aquele que possui apenas um radical.
    i) é aquele que dá origem a outros substantivos.

  1. O que é substantivo primitivo? (0,25 ponto)
    a) é aquele que designa os seres de uma mesma espécie de forma genérica.
    b) é aquele que designa um conjunto de seres de uma mesma espécie.]
    c) é aquele que designa um ser específico, único.
    d) é aquele que se origina de um outro substantivo.
    e) é aquele que possui mais de um radical.
    f) é aquele que designa ação, sentimento ou qualidade.
    g) é aquele que designa seres com existência própria.
    h)é aquele que possui apenas um radical.
    i) é aquele que dá origem a outros substantivos.
  1. O que é substantivo derivado? (0,25 ponto)
    a) é aquele que designa os seres de uma mesma espécie de forma genérica.
    b) é aquele que designa um conjunto de seres de uma mesma espécie.]
    c) é aquele que designa um ser específico, único.
    d) é aquele que se origina de um outro substantivo.
    e) é aquele que possui mais de um radical.
    f) é aquele que designa ação, sentimento ou qualidade.
    g) é aquele que designa seres com existência própria.
    h)é aquele que possui apenas um radical
    i) é aquele que dá origem a outros substantivos.
  1. O que é substantivo abstrato (0,25 ponto)
    a) é aquele que designa os seres de uma mesma espécie de forma genérica.
    b) é aquele que designa um conjunto de seres de uma mesma espécie.]
    c) é aquele que designa um ser específico, único.
    d) é aquele que se origina de um outro substantivo.
    e) é aquele que possui mais de um radical.
    f) é aquele que designa ação, sentimento ou qualidade.
    g) é aquele que designa seres com existência própria.
    h)é aquele que possui apenas um radical.
    i) é aquele que dá origem a outros substantivos.

  1. Quais são os Gêneros Literários? (0,5 ponto)
_________________________________________________________________________________________
_________________________________________________________________________________________

  1. Assinale a alternativa que possui apenas características do texto literário. (0,5 ponto)
    a) linguagem pessoal e emotiva, ênfase no conteúdo.
    b) normalmente sem ambiguidades e duplas interpretações e linguagem denotativa.
    c) linguagem conotativa e ênfase no conteúdo.
    d) linguagem apenas traduzida e mais impessoal.
    e) recriação da realidade e linguagem conotativa.

  1. Marque o livro lido por você e relacione as colunas de acordo com as características de cada personagem.
    (1,0 ponto)
( ) Memórias Póstumas de Brás Cubas
( ) Memórias de um Sargento de Milícias
(A) VIRGÍNIA
(B) EUGÊNIA
(C) NHA LOLÓ
(D) LOBO NEVES
(E) QUINCAS BORBA
(F) DONA PLÁCIDA
(G) PRUDENCIO
(H) BRÁS CUBAS
( I) MARCELA
( ) a “flor da moita”, nas palavras de Brás, já que era filha de um casal que ele havia flagrado, quando criança, namorando atrás de uma moita.
( ) casa-se com Virgília e tem carreira política sólida, mas sofre o adultério da esposa com o protagonista.
( ) amor da adolescência de Brás
escravo da infância de Brás Cubas, ganha depois sua alforria.
( ) conta suas memórias, escritas após a morte, e nessa condição é o responsável pela caracterização de todos os demais
( ) grande amor de Brás Cubas, sobrinha de ministro, e a quem o pai do protagonista via como grande possibilidade de acesso, para o filho, ao mundo da política nacional.
( ) última possibilidade de casamento para Brás Cubas, moça simples, que morre de febre amarela aos 19 anos.
representante da classe média, tem uma vida de muito trabalho e sofrimento.
( ) teórico do humanitismo, doutrina à qual Brás Cubas adere, morre demente.
( ) o protagonista se interessa por ela, mas não se dispõe a levar adiante um romance, porque a garota era coxa.
(A) Leonardo
(B) Leonardo Pataca
(C) Maria das Hortaliças
(D) Compadre
(E) D. Maria
(F) Comadre
(G) Luisinha
(H) Vidinha
( I) Maria Regalada
(J) Major Vidigal
( ) Representa no final do livro a Corrupção, pois sempre foi o defensor da justiça e ao fim é levado a aferrecer seus atos e até a colocar Leonardo em postos na polícia.
( ) Primeiro amor de Vidigal. É graças a ela que Leonardo consegue o posto de Sargento de Milícias.
( ) Amiga de comadre e compadre. É tia de Luisinha.
( ) Um típico anti-herói.
( ) É malandro, não possui uma conduta moral exemplar e não gosta de trabalho.
( ) Portuguesa mãe de Leonardo fica grávida durante a travessia de navio para o Brasil.
( ) Barbeiro vizinho do casal que mora em frente à casa de Leonardo e Maria. Possui uma boa quantia de dinheiro que conseguiu ao desviar a herança de um capitão à sua sobrinha.
( ) Conhece Maria da Hortaliça ainda no navio, mas descobre que a mulher o traía e a expulsa de casa.
( ) É uma mulher bondosa que vive buscando livrar Leonardo das confusões que se metia.
( ) Uma mulata sensual e cantora de modinhas seduz Leonardo
( ) Primeiro amor de Leonardo.




Tudo é ousado a quem nada se atreve.” (anônimo)

Boa prova!!!

quinta-feira, 3 de maio de 2012

ATIVIDADE SOBRE PARNASIANISMO COM GABARITO

Conforme combinamos em sala de aula, segue atividade com gabarito.
Confiram e preparem-se para a prova.


Atividade de Literatura 1 – Parnasianismo 3ºA – 2º Bim. Data ____/____/____
Nome: ___________________ nº: ____
Nome: ___________________ nº: ____

1 – (UEL) O Parnasianismo brasileiro foi um movimento.
a) Poético do final do século XIX e início do século XX.
b) Lítero-musical do final do século XVIII e início do século XIX.
c) Poético do final do século XVIII e início do século XIX.
d) Teatral do final do século XX.
e) Lítero-musical do início do século XX.

2 – (UFPE) É incorreto afirmar que, no Parnasianismo:
a) a natureza é apresentada objetivamente;
b) a disposição dos elementos naturais (árvores, estrelas, céu, rios) é importante por obedecer a uma ordenação lógica;
c) a valorização dos elementos naturais torna-se mais importante que a valorização da forma do poema;
d) a natureza despe-se da exagerada carga emocional com que foi explorada em outros períodos literários;
e) as inúmeras descrições da natureza são feitas dentro do mito da objetividade absoluta, porém os melhores textos estão permeados de conotações subjetivas.

3 – (FESP) Com relação ao Parnasianismo, é correto afirmar:
a) É sentimentalista;
b) Assume uma visão crítica da sociedade;
c) Seus autores estiveram sempre atentos às transformações do final do século XIX e início do seguinte;
d) O seu traço mais característico é o endeusamento da forma;
e) Seu poeta mais expressivo, Olavo Bilac, defendeu um retorno à arte barroca.

4 – (UCSAL) Olavo Bilac, Raimundo Correia e Alberto de Oliveira são representantes de uma mesma escola literária. Assinale a alternativa cujos versos exemplificam as características dessa escola.
a) A noite caiu na minh’alma,
fiquei triste sem querer.
Uma sombra veio vindo,
veio vindo, me abraçou.
Era a sombra de meu bem
que morreu há tanto tempo.
b) Dorme.
Dorme o tempo que não podias dormir.
Dorme não só tu,
Prepara-te para dormir teu corpo e teu amor contigo.
c) Quantas vezes, em sonho, as asas da saudade
Solto para onde estás, e fico de ti perto!
Como, depois do sonho, é triste a realidade!
Como tudo, sem ti, fica depois deserto!
d) Pálida, à luz da lâmpada sombria,
Sobre o leito de flores reclinada,
Como a lua por noite embalsamada.
Entre as nuvens do amor ela dormia!
e) Nas horas da noite, se junto a meu leito
Houveres acaso, meu bem, de chegar,
Verás de repente que aspecto risonho
Que torna o meu sonho,
Se o vens bafejar!
5 – (PUC-MG) A QUESTÃO ABAIXO ESTÁ RELACIONADA AO ROMANCE O ENCONTRO MARCADO, DE FERNANDO SABINO.
A QUESTÃO ABAIXO REMETE AO POEMA “A CAVALGADA”, DE RAIMUNDO CORREIA, CITADO EM O ENCONTRO MARCADO:
A lua banha a solitária estrada…
Silêncio!… Mais além, confuso e brando,
O som longínquo vem-se aproximando
Do galopar de estranha cavalgada.
São fidalgos que voltam da caçada;
Vêm alegres, vêm rindo, vêm cantando.
E as trompas a soar vão agitando
O remanso da noite embalsamada…
E o bosque estala, move-se, estremece…
Da cavalgada o estrépito que aumenta
Perde-se após no centro da montanha…
E o silêncio outra vez soturno desce…
E límpida, sem mácula, alvacenta
A lua a estrada solitária banha…
A lua banha a solitária estrada…
Silêncio!… Mais além, confuso e brando,
O som longínquo vem-se aproximando
Do galopar de estranha cavalgada.
São fidalgos que voltam da caçada;
Vêm alegres, vêm rindo, vêm cantando.
E as trompas a soar vão agitando
O remanso da noite embalsamada…
E o bosque estala, move-se, estremece…
Da cavalgada o estrépito que aumenta
Perde-se após no centro da montanha…
E o silêncio outra vez soturno desce…
E límpida, sem mácula, alvacenta
A lua a estrada solitária banha…
Todos os traços são próprios do Parnasianismo e ocorrem no poema acima, EXCETO:
a) apreço por poemas de forma fixa, como o soneto.
b) atmosfera mística, de contornos indefinidos.
c) exaltação da vida, dos jogos, do prazer.
d) paisagem exterior, rica de plasticidade.
e) riqueza de ritmos e nobreza vocabular.

6 – (FMU) Rio Abaixo
Treme o rio, a rolar, de vaga em vaga…
Quase noite. Ao sabor do curso lento
Da água, que as margens em redor alaga,
Seguimos. Curva os bambuais o vento.
Vivo há pouco, de púrpura sangrento,
Desmaia agora o Ocaso. A noite apaga
A derradeira luz do firmamento…
Rola o rio, a tremer, de vaga em vaga,
Um silêncio tristíssimo por tudo
Se espalha. Mas a lua lentamente
Surge na fímbria do horizonte mudo:
E o seu reflexo pálido, embebido
como um gládio de prata na corrente,
Rasga o seio do rio adormecido.
Olavo Bilac
Lendo o poema, não é difícil perceber tratar-se do estilo de época do
a) arcadismo
b) romantismo
c) parnasianismo
d) simbolismo
e) modernismo

7 – (FMU) Rio Abaixo
Treme o rio, a rolar, de vaga em vaga…
Quase noite. Ao sabor do curso lento
Da água, que as margens em redor alaga,
Seguimos. Curva os bambuais o vento.
Vivo há pouco, de púrpura sangrento,
Desmaia agora o Ocaso. A noite apaga
A derradeira luz do firmamento…
Rola o rio, a tremer, de vaga em vaga,
Um silêncio tristíssimo por tudo
Se espalha. Mas a lua lentamente
Surge na fímbria do horizonte mudo:
E o seu reflexo pálido, embebido
como um gládio de prata na corrente
Rasga o seio do rio adormecido.
Olavo Bilac
Bilac sobressaiu-se entre os poetas de seu tempo e, mesmo, da Literatura Brasileira. É dele também
a) Esbraseia o Ocidente na agonia
O sol… Aves em bandos destacados,
b) Olha estas velhas árvores, mais belas
Do que as árvores novas, mais amigas.
c) Se a cólera que espuma, a dor que mora
N’alma, e destrói cada ilusão que nasce…
d) Ó formas alvas, brancas, formas claras
de luares, de neves, de nebrinas!…
e) Quando Ismália enlouqueceu,
Pôs-se na torre a sonhar…

8 – (PUC-RS) “Tu, artista, com zelo, Esmerilha e investiga! Níssia, o melhor modelo Vivo, oferece, da beleza antiga. Para esculpi-la, em vão, árduos, no meio. De esbraseada arena, Batem-se, quebram-se em fatal torneio, Pincel, lápis, buril, cinzel e pena.” [...]
O trecho evidencia tendências ___________ , na medida em que ______________ o rigor formal e utiliza-se de imagens _____________.
a) Românticas/ neutraliza/ abstratas
b) simbolistas/ valoriza/ concretas
c) parnasianas/ exalta/ mitológicas
d) simbolistas/ busca/ cotidianas
e) parnasianas/ evita/ prosaicas

9 – (PUC-RS) Vila Rica
O ouro fulvo do ocaso as velhas casas cobre;
Sangram, em laivos de ouro, as minas, que a ambição
Na torturada entranha abriu da terra nobre:
E cada cicatriz brilha como brasão.
[...]
Como uma procissão espectral que se move …
Dobra o sino… Soluça um verso de Dirceu …
Sobre a triste Ouro Preto o ouro dos astros chove.”
O poema, pertencente ao autor de “Profissão de Fé”, não segue rigidamente o padrão ___________ no que se refere à___________.
a) romântico / idealização do mundo
b) simbolista / busca do eu profundo
c) parnasiano / alienação dos problemas sociais
d) simbolista / inteligibilidade sintática
e) parnasiano / sonoridade dos versos

10 – (PUC-MG)
Estranho mimo aquele vaso! Vi-o,
Casualmente, uma vez, de um perfumado
Contador sobre o mármore luzidio,
Entre um leque e o começo de um bordado.” trecho do poema em destaque é parnasiano. Ele revela um poeta:
a) distanciado da realidade.
b) engajado.
c) crítico.
d) irônico.
e) informal.


Gabarito:

1-a 2-c 3-d 4-c 5-b 6-c 7-b 8-c 9-c 10-a