O desejo que move os poetas não é ensinar, esclarecer, interpretar. O desejo que move os poetas é fazer soar de novo a melodia esquecida.
Rubem Alves

quinta-feira, 29 de março de 2012

Dúvidas de português - Mal ou mau?


Mal ou mau? Esta é uma dúvida de português muito comum.

A pronúncia idêntica de mal e mau, em muitos lugares do Brasil, acaba por criar confusão na escrita. As duas palavras existem, porém têm funções diferentes.

MAL é advérbio e é o oposto de BEM em resposta a "Como...?". Na dúvida, troque mal por bem: se fizer sentido, estará correta a utilização de mal. Exemplos:

Ele dança mal. (Como ele dança? Ele não dança bem; dança mal.)
Os candidatos que falam mal a língua inglesa serão descartados. (falam mal / bem)

Fica fácil verificar que ninguém "dança bom" nem "fala bom a língua inglesa".

MAU é adjetivo e é o oposto de BOM. Associa-se semanticamente a "ruim". Na dúvida, troque mau por bom e verifique se o resultado faz sentido. O feminino de mau é má. Exemplos:

O mau tempo inviabilizou o jogo. (mau / bom tempo)
A causa do mau ensino são maus professores ou maus alunos? (mau / bom ensino)

Cuidado em casos capciosos:

Não foi contratado porque tinha mau português.
Não foi contratado porque falava mal o português. 


Fonte: Universia

quinta-feira, 1 de março de 2012

ACORDO ORTOGRÁFICO

Consulte o novo acordo ortográfico no link abaixo:

>>>Novo_Acordo_Ortografico<<<

APRESENTAÇÃO DA RESENHA

RESENHA


É um texto que, além de resumir o objeto, faz uma avaliação sobre ele, uma crítica, apontando os aspectos positivos e negativos. Trata-se, portanto, de um texto de informação e de opinião.
Resenha é um texto que serve para apresentar outro (texto-base), desconhecido do leitor.
Para bem apresentá-lo, é necessário além de dar uma ideia resumida dos assuntos tratados, apresentar o maior número de informações sobre o trabalho: fatores que, ao lado de uma abordagem crítica e de relações intertextuais, darão ao leitor os requisitos mínimos para que ele se oriente quanto ao grau de interesse do texto-base.

Onde encontrar?

  • Jornais impressos e digitais.
  • Orelhas de livros.
  • Contracapas de livros.
  • Revistas.


Sua Função?


  • O objetivo da resenha é divulgar objetos de consumo cultural  livros,filmes peças de teatro, etc. Por isso a resenha é um texto de caráter efêmero, pois "envelhece" rapidamente, muito mais que outros textos de natureza opinativa. 
  • Funcionam como uma espécie de guia para o leitor avaliar se quer ou não ler aquele livro ou não,  assistir determinado filme ou mesmo comprar um CD ou ir a um show.


Características


  • Apresenta um misto de informação e opinião;
  • Análise de aspectos positivos e negativos de uma obra ou filmes.
  • A extensão do texto-resenha depende do espaço que o veículo reserva para esse tipo de texto. Observe-se que, em geral, não se trata de um texto longo, "um resumão“.
O que deve constar numa resenha?
  • O título 
  • A referência bibliográfica da obra 
  • Alguns dados bibliográficos do autor da obra resenhada 
  • O resumo, ou síntese do conteúdo 
  • A avaliação crítica 

A crítica

A resenha crítica não deve ser vista ou elaborada mediante um resumo a que se acrescenta, ao final, uma avaliação ou crítica. A postura crítica deve estar presente desde a primeira linha, resultando num texto em que o resumo e a voz crítica do resenhista se interpenetram.
O tom da crítica poderá ser moderado, respeitoso, agressivo, etc.
Deve ser lembrado que os resenhistas - como os críticos em geral - também se tornam objetos de críticas por parte dos "criticados" (diretores de cinema, escritores, etc.), que revidam os ataques qualificando os "detratores da obra" de "ignorantes" (não compreenderam a obra) e de "impulsionados pela má-fé".


Caríssimos alunos:
Devemos pensar que estas poucas linhas que falam do assunto não esgotam nossas pesquisas. O que apresento aqui é um pequeno esboço de um tema amplo para que você tenha um ponto de partida para ampliar suas pesquisas.

Segue agora abaixo, os vídeos que vocês precisarão assistir para que possam fazer a prova.

10 Centavos - parte 1


10 Centavos - parte 2




Ilha das Flores - parte 1


Ilha das Flores - parte 2



Bom trabalho a todos!

Fonte: 
www.portacurtas.org.br
arquivo pessoal
wikipédia.com.pt
youtube.com