O desejo que move os poetas não é ensinar, esclarecer, interpretar. O desejo que move os poetas é fazer soar de novo a melodia esquecida.
Rubem Alves

segunda-feira, 30 de março de 2015

Conheça as regras de padronização da ABNT para trabalhos acadêmicos



Aprenda como definir paginação, margens e espaçamento em sua monografia

A Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) definiu quais seriam as normas de formatação dos projetos de pesquisa e monografias no país. Para produzir trabalhos acadêmicos deste tipo, é preciso conhecer e estar atento aos padrões exigidos em diversos detalhes. Conheça as regras reunidas pela Universia Brasil e tire suas dúvidas.

FONTE
O corpo do texto deve ser digitado na cor preta, com fonte tamanho 12. As mais usadas costumam ser Arial ou Times New Roman. As exceções a essa regra são:
1. Os textos podem ser de outras cores somente para ilustrações
2. A fonte 10 deve ser usada em citações de mais de três linhas, notas de rodapé, tabelas, fontes e legendas.
Todos os textos devem iniciar no anverso da folha, ou seja, na frente. O trabalho deve ser impresso em folha tamanho A4, branca ou reciclada. Recomenda-se que as impressões sejam na frente e no verso das folhas.
MARGENS
Para o anverso, ou seja, a frente da folha, as margens devem ser: esquerda e superior de 3 cm e direita e inferior de 2 cm. Para o verso, as margens direita e superior são 3 cm e a esquerda e inferior são 2 cm. Confira no exemplo a seguir um modelo de anverso:




ESPAÇAMENTO
Todo o texto deve ter espaçamento de 1,5 entre as linhas, com exceção às citações com mais de três linhas, notas de rodapé, referências e legendas, que devem ter espaçamento simples.
As notas de rodapé, inclusive, também possuem as suas próprias normas de espaçamento definidas pela ABNT. Elas devem estar separadas do texto por uma linha fina e ter espaçamento simples (1.0 entre linhas). A fonte deve ser tamanho 10, e caso haja mais de uma nota, elas devem estar alinhadas levando em consideração a primeira letra de cada uma.

TÍTULOS E SUBTÍTULOS
Os títulos das seções sempre começam no anverso, ou seja, na frente das folhas. Eles devem estar localizados na parte superior da mancha gráfica e sempre alinhados a esquerda. A numeração dos tópicos vai depender do desenvolvimento do trabalho, porém, existem normas específicas que garantem a clareza desse sistema no texto.
O sistema mais usado em monografias é a numeração progressiva que segue as regras da ABNT/NBR-6024. De acordo com seus fundamentos, cada seção deve ser numerada usando apenas algarismos arábicos. Seguindo essa ordem, os títulos de capítulos surgem como seções primárias, os primeiros subtítulos como seções secundárias e assim por diante. É importante lembrar que tais divisões só vão até as seções quinárias (veja quadro com exemplo abaixo). Para identificá-las, utilizam-se números separados por pontos, a partir da seção secundária. Lembre-se de que entre o título e os indicadores de seção (números), não há separação por pontos, hífens ou quaisquer sinais gráficos. O que se usa é apenas um toque na barra de espaço (caractere).
Entenda o conceito no exemplo a seguir:
No corpo do texto, a numeração fica desta forma, sempre alinhado à esquerda:
1 TÍTULO (Deve ser colocado em maiúsculas e em negrito)
1.1 Subtítulo (Pode ser escrito em todo em maiúsculas, ou apenas a primeira letra. Também usa negrito)
1.1.1 Subdivisão do subtítulo (Tem apenas a primeira letra em maiúscula e aparecem em negrito)
1.1.1.1 (igual ao anterior) 
1.1.1.1.1 (igual ao anterior)
Se ainda for necessário dividir uma seção ou subseção é preciso usar alíneas. Nelas, em vez de números, usam-se letras seguidas por parênteses, como no exemplo a seguir.
a) xx; 
b) xx; 
c) xxx. 
Lembre-se que a numeração do texto deve corresponder exatamente à que estará no sumário.
NUMERAÇÃO DE PÁGINAS
parte pré-textual de seu trabalho (folha de rosto, lista de ilustrações, sumário, etc.) deve ser numerada sequencialmente, ou seja, com números romanos. A numeração com algarismos arábicos deve começar a partir da parte textual e continuar até o pós- textual. O número das páginas em ambos os casos deve estar localizado no canto superior direito, a 2 cm das bordas direita e superior, conforme exemplo abaixo:

FÓRMULAS E EQUAÇÕES
Se o seu trabalho envolve fórmulas e equações é importante que elas estejam destacadas no texto. Ao utilizá-las, você deve numerá-las com algoritmos entre parênteses ao lado direito da folha: x² + y² = z² (1)
ILUSTRAÇÕES
identificação das ilustrações deve estar localizada na parte superior da mesma. Ela deve ser precedida de uma designação, como desenho, fluxograma, fotografia, etc., que deve estar em negrito. Logo depois, vêm sua ordem de aparição no texto todo (nunca por capítulo), travessão e o título. Na parte inferior da ilustração, deve ser indicada a fonte, legenda e outras informações necessárias, como o ano, por exemplo. É importante lembrar que elas precisam aparecer o mais próximo possível de sua referência no texto. Não se esqueça de centralizá- las na folha.
TABELAS
As tabelas também seguem especificações e, ao contrário do que muitos pensam, não são ilustrações. Na parte superior, identificam-se usando a palavra Tabela, seguida por seu número de ordem no texto, travessão e o título. Abaixo, ficam as fontes. As tabelas possuem a própria lista ao final do trabalho. Confira o modelo abaixo para entender melhor:



Como escrever um relatório em 10 passos

Se você souber o que está fazendo, pode ser muito fácil fazer um relatório de livro. Veja algumas dicas que irão te ajudar a impressionar seus professores

Um bom relatório irá abordar uma questão ou ponto de vista específico baseado em exemplos característicos, na forma de símbolos ou temas. Você precisa ter um objetivo claro ao escrever um relatório. Não se esqueça de reunir suas anotações, possíveis aulas sobre o livro e todo o material de apoio, como canetas e marca-páginas.
Confira alguns passos que irão ajudá-lo a incorporar esses elementos importantes:

PARA ESCREVER UM RELATÓRIO: PASSO 1 - OBJETIVO

Se possível, tenha um objetivo em mente. Sua meta é o ponto de vista que você quer transmitir, o tópico que deseja debater ou uma pergunta que você planeja responder. 
  

PARA ESCREVER UM RELATÓRIO: PASSO 2 - ANOTAÇÕES

Não tente fazer anotações ou notas mentais. Enquanto estiver lendo, mantenha ao seu lado material de apoio como canetas, papel, marca-texto e marcadores de página. 
  

PARA ESCREVER UM RELATÓRIO: PASSO 3 - TEMAS

Ao ler o livro, fique atento para elementos que evoquem emoção, eles podem ser apenas um símbolo ou uma cena completa. Indicarão algum tema ou tópico importante. 
  

PARA ESCREVER UM RELATÓRIO: PASSO 4 - MATERIAL DE APOIO

Use papéis autocolantes para marcar as páginas. Quando você se deparar com algum elemento importante, marque a página e coloque a marcação no começo da linha que se destacou. 
  

PARA ESCREVER UM RELATÓRIO: PASSO 5 - PADRÕES

Note possíveis temas ou padrões. Enquanto você lê e marca as partes importantes, irá perceber um padrão ou tema central. Em um papel separado, escreva esses pontos de forma que você possa repassá-los mais tarde. 
  

PARA ESCREVER UM RELATÓRIO: PASSO 6 - IDENTIFICAÇÃO

Identifique suas marcações. Se você vir um símbolo por vezes repetidas (por exemplo, se autor sempre usa exemplos com insetos, ou a forma como representa certos elementos, etc), identifique essas marcações para referências posteriores. 
  

PARA ESCREVER UM RELATÓRIO: PASSO 7 - ESBOÇO

Desenvolva um esboço enquanto lê. Quando terminar de ler o livro, você já terá várias anotações e possíveis pontos importantes para incluir no relatório final. 
  

PARA ESCREVER UM RELATÓRIO: PASSO 8 - PARÁGRAFOS

Desenvolva idéias para parágrafos. Cada parágrafo deve se relacionar com uma frase ou idéia do parágrafo seguinte. Escreva primeiro as idéias centrais, e depois vá preenchendo com os exemplos. Não se esqueça de incluir o principal ou básico em seus dois primeiros parágrafos. 
  

PARA ESCREVER UM RELATÓRIO: PASSO 9 - REVISÃO

Revise, ajuste e repita. Seus parágrafos irão ficar desorganizados e estranhos na primeira vez que escrevê-los. Leia-os repetidamente e reajuste-os para que as frases estejam na melhor organização e ordem possível. 
  

PARA ESCREVER UM RELATÓRIO: PASSO 10 - INTRODUÇÃO

Revise seu parágrafo introdutório. Esse parágrafo irá fazer a primeira e mais importante impressão de seu relatório. Deve estar impecável. Garanta que ele esteja bem escrito, interessante e contenha uma base com boas teses.

Fonte: http://noticias.universia.com.br/destaque/noticia/2012/02/17/912402/como-escrever-um-relatorio-em-10-passos.html

quarta-feira, 25 de março de 2015

Querido aluno, estamos em greve!

Queremos destruir o PLANO MACABRO DA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO DE SP! - Mas que plano seria esse, professor?

Vou explicar. Sabe aquele professor jovem, que se efetivou há pouco tempo e que chegou na sua escola cheio de ideias, projetos, que dá aquelas aulas maneiras usando multimídia, que sabe o conteúdo pra caramba, que desvendou pra você a equação de 2º grau ou a análise sintática? Eu tenho uma notícia sobre ele. Todo começo de mês, quando olha para o seu holerite ele faz uma jura pra si mesmo: Jura que um dia abandonará as salas de aula, IRÁ EXONERAR (pedir demissão do estado) e sabem por quê? Por que ele fez uma faculdade, estudou pra caramba e hoje é o profissional com nível superior MAIS MAL PAGO DO ESTADO DE SP!

Você já reparou que aquele seu professor mais velho, super experiente, que não precisa nem olhar no livro didático pra explicar aquele conteúdo mega difícil anda desmotivado, sem ânimo, triste e com pouca vontade de dar aulas? Pois é. Ele passou a vida inteira acreditando que um dia as coisas mudariam, que um dia o governo estadual iria reconhecer seu valor, pagar-lhe um salário justo e isso nunca aconteceu… ELE ESTÁ PERDENDO AS ESPERANÇAS e todos os dias ao sair de casa ele se pergunta: Por que, meu Deus fui escolher essa profissão? E seu maior sonho é se aposentar logo pra tentar dar um novo sentido pra sua vida…

Lembra daquele professor novo que ano passado dava umas aulas super legais, que substituía e que, dessa forma, evitava que você tivesse aulas vagas, mas que misteriosamente “sumiu do mapa”? Cara, você nem sabe o que aconteceu com ele… ELE FOI DEMITIDO pelo governo, ele e mais 21 mil professores no estado todo! O governo decidiu que ele terá que ficar 200 DIAS SEM DAR AULAS, isso mesmo! Quase 7 meses sem dar aulas porque se não teria que desembolsar alguma grana para pagar direitos que eles deveriam ter, mas não têm. Cara, imagina se seu pai ou sua mãe ficassem 7 meses desempregados de 2 em 2 anos! Pois é, esses professores ficam…

Às vezes você se pergunta: Poxa, porque meus professores não nos levam na sala do Acessa Escola (computação)? Aluno, você já reparou que essa sala agora está fechada ou está funcionando em apenas um período? Pois é. O GOVERNO DEMITIU MILHARES DE ESTAGIÁRIOS DO ACESSA ESCOLA, impossibilitando, assim, o seu uso. Mas também, nem vai fazer tanta falta, já que a internet de lá parece discada de tão lenta e só tem meia dúzia de PCs para 40 alunos!

Mas teve mais gente na sua escola que tomou “chá de sumiço”. Lembra da coordenadora do fundamental? Lembra do PCAGP, que alguns chamavam de “coordenador geral” e que auxiliava pra caramba os professores, desenvolvia projetos, ajuda vocês o tempo todo? Então mano, eles também foram DEMITIDOS!

Mas espera aí, se você prestar bem atenção, não foram só as pessoas que sumiram… Já reparou que A ESCOLA ESTÁ SEM MATERIAL? Que os professores não estão fazendo chamada porque não têm caderneta? Que muitas vezes você é quem tem que comprar cartolina, papel sulfite, folha quadriculada e que nem mesmo papel higiênico tem na escola?

Tinta para a impressora é uma lenda, você já nem sonha mais com isso… Não podemos nos esquecer daqueles maravilhosos kits de livros paradidáticos que esse ano você não vai ganhar… E já reparou como a sua escola está velha, feia, caindo aos pedaços e nem uma tinta na parede recebe há anos? Pois é. O GOVERNO ESTADUAL CORTOU BOA PARTE DA VERBA QUE DESTINAVA ÀS ESCOLAS e mandou a gente “se virar nos trinta” e dar toda a educação de que você necessita com uma lousa trincada e um giz de má qualidade.

Se você prestar atenção verá que o PERÍODO NOTURNO ACABOU EM MUITAS ESCOLAS e que aqueles seus amigos que trabalham tiveram que mudar de escola ou parar de trabalhar… Perceberá também que mal consegue se mexer porque SUA TURMA TEM MAIS DE 40 ALUNOS e que seu professor nem consegue tirar suas dúvidas ou corrigir uma redação com você porque ele tem mais dezenas de alunos para “dar conta”.

E se você mora numa região quente do estado, meus pêsames… SUA SALA MAL TEM VENTILADORES quando na realidade precisaria de ar condicionado para que você pudesse estudar confortavelmente.

Por tudo isso SEUS PROFESSORES DECRETARAM GREVE! Mas espere um pouco: Você está tendo aulas todos os dias! Como isso é possível se seus professores estão em greve? O governo mandou os diretores colocarem PROFESSORES EVENTUAIS no lugar deles. Tem professor de Matemática dando aulas de História, Português, Geografia… Tem professor de Educação Física dando aulas de Química, Física, Biologia… Agora você está dando risada e pensando: Eles no máximo dão textos pra gente copiar ou mandam a gente fazer uma redação que nem vão corrigir, preencher cruzadinhas, desenhar… Não continuam os conteúdos que estávamos vendo!

A essa altura do campeonato você deve fazer ideia de qual o PLANO MACABRO DA SECRETARIA DA EDUCAÇÃO. Vou revelar: ELA NÃO QUER QUE VOCÊ APRENDA NADA! Ela está boicotando o ensino e aprendizado, porque prefere te ver na ignorância, não quer que você tenha consciência política, porque um povo politizado pode ser uma ameaça a esse sistema corrupto e sujo com o qual convivemos pacificamente. É isso mesmo! O governo estadual não quer te ver numa faculdade, concorrendo de igual pra igual com os filhos dos ricos no mercado de trabalho. E VOCÊ VAI FICAR AÍ PARADO? É por isso, aluno, que estamos em greve! Venha lutar ao lado do seu professor, se manifeste também! Apoie a greve dos professores de SP!!!

Atenciosamente,

Professores do Estado de SP

terça-feira, 10 de março de 2015

ATIVIDADE SOBRE ARTIGO DE OPINIÃO - NOTA PARA 1º BIMESTRE

Boa tarde, galerinha!!

Segue abaixo o link para vocês acessarem a atividade sobre artigo de opinião que faremos nas próximas aulas, afinal, nosso aprimoramento é essencial!

Beijo a todos,
Profª Mônica (Monni Duka)


https://dl.dropboxusercontent.com/u/11262574/art_opiniao_TEXTO-ATT2_Mod_1.pdf


Obs.: Não se esqueça de assinar seu acesso ao material.


Fonte: http://www.gestaoescolar.diaadia.pr.gov.br/arquivos/File/producoes_pde/md_terezinha_jesus_bauer_uber.pdf